Brasil Raft People/O Gene da Aventura

Aventureiros de carteirinha, colaboradores de uma vida, amigos do peito, conselheiros de plantão, irmãos-camaradas, instrutores-brothers, funcionários destemidos: a parceria da aventura tem muitas faces. Mergulhe com a gente nas histórias de quem fez e faz parte dos 18 anos da Brasil Raft.


Pâmela Ribeiro

Aos sete anos, a pequena Pâmela ia visitar a irmã que trabalhava no escritório da então Brasil Raft Turismo e Aventura… Nos finais de semana, Pâmela pegava carona na agenda da irmã e ensaiava seus primeiros passos como aventureira em nossa base operacional, no Parque das Laranjeiras. Nestes encontros, foi tomando contato com a natureza e com o abc da aventura, experimentando ainda menina o verdadeiro gosto da adrenalina. Sem saber, foi criando sólidas conexões com o BRP. Dez anos depois, assumiu o posto da irmã e recebeu as devidas iniciações nos roteiros e atividades do parque.

1

“Minha irmã trabalhou no escritório da Brasil Raft por volta de 2001. Eu tinha sete anos e ela era dez anos mais velha que eu. Vizinha do escritório, eu sempre fazia visitas ao trabalho dela, buscava e levava coisas, aquela história de criança sempre querendo ajudar. Lembro-me de ir junto nas aventuras, mas ainda não tínhamos a estrutura do Brasil Raft Park. As atividades aconteciam no Parque Municipal das Laranjeiras.

Dez anos depois, já com 17 anos, surgiu a oportunidade de trabalhar no escritório do BRP e seguir os passos de minha irmã. O clima do escritório se difere do parque apenas pelo número de pessoas envolvidas. Sem sombra de dúvida, o BRP foi o lugar mais animado que já trabalhei. Eu tinha a missão de contagiar o futuro aventureiro que agendava comigo suas atividades.

Fiquei surpresa quando iniciei como colaboradora do BRP. O crescimento e a evolução da empresa eram gritantes, a cada dia surgia alguma novidade. O operacional do Brasil Raft Park fazia um trabalho de ponta, tudo superorganizado para atender um grande público. E era muito satisfatório receber relatos e elogios dos aventureiros após as atividades.

Durante um ano, meu posto de trabalho foi o escritório, mas também frequentei o parque no verão. Ainda hoje, sempre que sobra um tempo, dou uma passada lá para rever os amigos e participar dos roteiros de aventura. O clima do Brasil Raft Park é demais, recomendo muito!”

Gostou? Venha conhecer o Brasil Raft Park e experimentar nossos roteiros de aventura!

2